A Nota Fiscal Eletrônica surgiu para facilitar a vida dos empresários, modernizando as transações comerciais de compra e venda de mercadorias. Além disso, a emissão de notas fiscais eletrônicas serve como um meio de controle do governo para garantir que os impostos e taxas sejam pagos corretamente. Ela também é de extrema importância para o cliente, uma vez que provê maior segurança nas compras realizadas.

Neste texto vamos falar sobre as vantagens da emissão dos principais modelos de notas fiscais eletrônicas, como NF-e, NFS-e, NFC-e e CF-e.


Vantagens das notas fiscais eletrônicas

Como principal vantagem, a nota fiscal eletrônica otimiza os processos de emissão e de gestão em uma empresa. Com um Sistema ERP online você pode automatizar a emissão das notas fiscais eletrônicas a partir de uma venda, centralizar os cadastros de impostos em produtos, cadastros de clientes, transportadoras e formas de pagamento. Uma vez que tudo esteja devidamente cadastrado, basta você lançar suas vendas e gerar notas fiscais a partir delas, com um único clique. Além disso, elencamos outras vantagens abaixo:

  • Facilita a comunicação com a sua contabilidade. Você pode automatizar o envio mensal dos xmls das notas para seu contador;
  • Regularização perante aos órgãos de fiscalização;
  • Redução da armazenagem dos documentos fiscais, já que eles são eletrônicos não há necessidade de ficar acumulando papel;
  • Maior segurança dos processos fiscais, diminuindo os riscos de sonegação;
  • Facilidade e segurança nas vendas online;
  • Agilidade nos processos de transporte, reduzindo o tempo de parada dos veículos de carga nos postos fiscais;
  • Elimina o processo de digitação das notas fiscais, uma vez que é possível importar pela chave de acesso da NF-e;

Modelos de Notas Fiscais Eletrônicas

No Brasil existem vários tipos de notas fiscais, mas os que você realmente precisa estar por dentro são os seguintes:

Exemplo de uma Nota Fiscal Eletrônica - NF-e

Nota Fiscal Eletrônica • NF-e

A NF-e modelo 55 é a mais completa das notas fiscais, permitindo a sua empresa fazer operações de compra e venda de produtos, seja em operações estaduais, interestaduais e, inclusive, internacionais. Ela também pode ser utilizada na devolução de mercadorias, transporte de mercadorias entre filiais, depósitos e galpões. Em geral, você pode realizar todas as operações com esta nota fiscal, inclusive a devolução de uma venda para a qual você tenha emitida com outra modalidade de nota fiscal.

Exemplo de Nota Fiscal de Serviço Eletrônica - NFS-e

Nota Fiscal de Serviço Eletrônica • NFS-e

A NFS-e é uma nota fiscal utilizada para a venda de serviços. O imposto recolhido com esta nota é o ISS e é direcionado diretamente para a cidade de sua empresa. Cada prefeitura possui seu próprio serviço, site e meio de integração. A maioria das cidades brasileiras já tem um sistema online para emissão de NFS-e, porém o seu Sistema ERP online precisa automatizar a emissão com cada prefeitura individualmente. Confira a lista de cidades atentidas pela GranMoney, hoje já são mais de 1400!

Exemplo de Nota Fiscal de Consumidor Eletrônica - NFC-e

Nota Fiscal Eletrônica do consumidor • NFC-e

A Nota Fiscal do Consumidor Eletrônica (NFC-e), modelo 65, surgiu para substituir os cupons fiscais e as notas fiscais de modelo 2, trazendo mais facilidade e agilidade para a empresa no momento de emissão da nota. A principal função da NFC-e é fazer a venda de produtos para o consumidor local seja no balcão ou via delivery. Com esta nota não é possível fazer a venda interestadual, por exemplo.

Cupom Fiscal Eletrônico • CF-e

O Cupom Fiscal Eletrônico (CF-e), modelo 59, surgiu com o objetivo de documentar de forma eletrônica todos os arquivos e operações do comércio de varejo no Estado de São Paulo. Para a emissão do CF-e é necessário ter um equipamento SAT. Com ele não é necessário ter internet no local, porém dentro do prazo de no máximo 10 dias é necessário se conectar à internet para o envio das notas fiscais para a Sefaz.

A diferença da CF-e (modelo 59) para a NFC-e (modelo 65) é que para a emissão da CF-e é necessário adquirir um aparelho SAT específico e um software homologado junto a Sefaz, enquanto a NFC-e pode ser emitida somente com o certificado digital A1 e um software habilitado.

Para acertar na hora de emitir uma nota fiscal, é importante ter um sistema eficiente e seguro, que possa dar um suporte quando você precisar. Para isso podemos contar com a GranMoney, que está apta a emitir os principais modelos de notas fiscais eletrônicas. Conta também com controle de estoque, vendas, financeiro e um sistema PDV - Frente de Caixa para a operação no balcão.


Automatize a emissão de Notas Fiscais Eletrônicas

O sistema GranMoney é um ERP Online com um PDV Offline e atualmente possibilita a emissão dos principais modelos de notas fiscais eletrônicas (NF-e, NFS-e, NFC-e e CF-e). O sistema está homologado para a emissão de notas fiscais eletrônicas em todos os estados brasileiros, seguindo todas as regras tributárias vigentes. Assim que cadastrados todos os impostos dos produtos, dados do destinatário, transportadora e pagamentos, é possível emitir suas notas a partir de suas vendas com apenas um clique.

O Sistema GranMoney também está homologado em mais de 1400 cidades para a emissão da NFS-e. Confira se sua cidade está na lista de cidades atentidas pela GranMoney. Para quem já emitiu uma nota fiscal no sistema de sua prefeitura sabe a demora para preencher e emitir uma única nota. Com a automatização da emissão de notas pelo sistema GranMoney, os clientes poderão emitir notas de serviço com muito mais agilidade. Faça um teste grátis e comprove todas as vantagens que a GranMoney tem a oferecer para o seu negócio!